Pular a navegação e ir direto para o conteúdo




01.07.11

Maria Chica: Um cantinho do sertão

Publicado por Mariana

Há quatro anos, o bairro Parangaba conta com um pedacinho do Interior na Capital. Reunindo o melhor da culinária regional com o aconchego do sertão, o restaurante Maria Chica disponibiliza cardápio variado em ambiente charmoso

De acordo com a chef e proprietária Glícia Maria Alves Vieira, a proposta do estabelecimento é oferecer um cenário delicioso de paz e roça, comum na memória de várias gerações. "O Maria Chica propõe-se a servir uma comida verdadeiramente regional, em um ambiente que leve o cliente a se sentir num sítio do interior. Muitos falam que lembram da infância na casa dos avós", afirma ela, que é natural de Catolé do Rocha (Paraíba), terra do cantor Chico César.

O público do lugar é bem diversificado. Durante a semana, universitários e pessoas que trabalham na região aproveitam o self-service sem balança de segunda a sexta-feira no valor de R$ 7,00 (individual). Já aos sábados e domingos, muitas famílias, das mais diversas partes de Fortaleza, se deleitam com o buffet regional completo. O self-service, farto e variado, é servido a R$ 25,90 (o quilo).

Autodidata, Glícia aprendeu a cozinhar há 20 anos e tem se aprimorado em cozinha contemporânea através de cursos. Mas, sua especialidade e paixão é mesmo a culinária típica. Pelas suas sábias mãos passam todos os pratos da casa, que são preparados em panelas de barro e no fogão à lenha (uma tarefa nada fácil!). Buchada de carneiro, galinha caipira, pernil suíno, torresmo, bolinho de macaxeira com queijo de coalho, delícia de carne de sol, paçoca no pilão com banana, baião à moda, carne de sol arretada, arroz de leite, chico doido (mungunzá com feijão verde), panelada e sarapatel são alguns deles.

Para a sobremesa, a dica é experimentar os doces de fabricação própria, que nos fins de semana são gratuitos. Doce de gergelim, mel de cana com farinha, rapadura, doce de banana e doce de mamão com coco podem ser saboreados.

A decoração, inspirada nas velhas casas do sertão, também ficou a cargo de Glícia. "Alguns clientes já trouxeram relíquias que estavam guardadas para aprimorar o ambiente", conta.

E como se não bastasse, o sonho de vários clientes se torna realidade no Maria Chica. Afinal, quem é que nunca se queixou na vida por estar em um restaurante, se fartar e desejar uma rede para uma "sesta"? Com um espaço amplo, é possível se estirar e até tirar um cochilo em redes e cadeiras preguiçosas após o almoço, disponíveis no local. A cara mesmo do interior!

SERVIÇO
Restaurante Maria Chica
Rua Thomas Edison, 239 - Parangaba. Aberto diariamente das 11h30 às 15h. (85) 3292.5646 ou 3292.5645.

JULIANA COLARES
REPÓRTER

PUBLICIDADE

Opinião

Avaliação:
(4 votos)


Busca Rápida